Poesia

tercio

In Poesia

O homem que ama.

Tá no site da Época e creio que é matéria que será publicada na edição de domingo:

O homem que ama.

 

O homem que ama está ébrio sem vinho,

O homem que ama, saciado sem pão,

O homem que ama está apaixonado, arrebatado,

O homem que ama não come nem dorme.

O homem que ama é um rei sob andrajos,

O homem que ama, um tesouro entre ruínas.

O homem que ama não é da terra ou do ar,

O homem que ama não é do fogo ou da água.

O homem que ama é um oceano sem praias,

O homem que ama chove pérolas, sem nuvens.

O homem que ama traz cem luas e cem céus,

O homem que ama possui a luz de cem sóis.

O homem que ama tornou-se sábio pela verdade,

O homem que ama não se fez erudito pelos livros.

O homem que ama está além da fé e da incredulidade,

Para o homem que ama, que pecado existe?

O homem que ama cavalgou para fora do não-ser,

O homem que ama acercou-se com porte sublime.

O homem que ama está oculto, ó minha querida ______!

Procura e me encontra, pois sou o homem que te ama.

 

 

São Paulo, 14.08.04.

Você está aqui: Home Poesias O homem que ama.