Artigos

tercio

In Artigos

Nem a França se salva!

Nem a França se salva!

 

Alexandre Benalla guardia del corpo macron

 

Que as palavras têm O poder ninguém duvida, embora muitos não prestem atenção ou partam para a besteira do misticismo, onde tudo é mais incerto que a incerteza que paira sobre nós.

 

Li, não sei onde, que alguém que não recordo, disse: “todo homem tem duas pátrias, a segunda é a França”!

 

O poder dessa frase, composta por palavras me marcou para sempre a ponto de não mais esquecê-la, embora o senhor alemão tenha levado seu autor.

 

Talvez porque no ano de 1789 tudo que aconteceu no mundo ocorreu na França com a Revolução Francesa, a matriz da liberdade com o coroamento da razão!

 

Basta pegarmos qualquer livro de história e tudo que sabemos sobre este ano é o ocorrido na França!

 

Ninguém informa o que aconteceu no Japão, na China, na Mongólia, no Tibet, no Peru, no Uzbequistão, dentre os Ianomâmis e tantos outros povos e países que já existiam no referido ano!

 

Esse tsunami de informações nos criou o hábito – como tanto outros, tal qual aqueles religiosos que, mesmo sendo ateus, costumamos usar sem nos darmos conta – de pensamos que a França é “realmente” a nossa segunda pátria!

 

Por isso esquecemos da França dos piratas e saqueadores, da França sanguinária das colonizações etc.

 

Temos o hábito de achar que a França é “boazinha” e que os franceses exploram e torturam com amor!

 

Assim, esquecemos que os franceses são constituídos do mesmo material descartável e de péssima qualidade de que são constituídos os demais seres humanos, especialmente aquele material usado dentro da caixa craniana que, ao que parece, se existiu um criador, este, ao ver que não tinha mais material para encher aquela buraco, optou por retirar um pouco daquele material encontrado nos intestinos!

 

Essa opção pelo material intestinal, salvo engano, encontra amparo no pensamento oriental, infelizmente tão negligenciado e ignorado pela cisão imbecil do saber entre “Oriente e Ocidente”, onde se dizia/diz que se pensava/pensa com o estômago.

 

Mas disse o acima por conta do seguinte fato repugnante praticado pelo governo francês em 2018!

 

O chefe de segurança de Emmanuel Macron foi detido e a Presidência já iniciou o processo de demissão, após a divulgação de imagens em que se via Alexandre Benalla a agredir um manifestante.” (Fonte: www.jn.pt).

 

A agressão ocorreu no dia do Trabalho (1º de Março).

 

O presidente, claro, nega que soubesse do ocorrido, embora tenha sido desmascarado por atos que praticou buscando encobrir a barbárie praticada por seu assessor!

 

E então, vem a pergunta:

 

“Como pode a segunda pátria de todo ser humano, em pleno século XXI, permitir algo tão primitivo em sua desumanidade?”.

 

Para mim a única resposta é: os franceses são bostas (para ficarmos com o pensamento oriental) tal qual todas as demais, fedendo mais ou fedendo menos (por conta de seus perfumes, talvez), mas, no fundo, nem melhores nem superiores como se acham e muitos, ignorantes e desinformados, acreditam.

 

Inté,

 

 

 

 

Você está aqui: Home Artigos Nem a França se salva!